O PODER E A INFLUÊNCIA DAS CORES EM NOSSA VIDA (PARTE 1)

Por Auxiliadora Paiva

” Vesti azul, minha sorte então mudou …” A estrofe citada, pertence a uma canção interpretada por Wilson Simonal, há alguns anos atrás, e que se transformou em um grande hit nas paradas de sucesso, na década de 80. Será verdade essa expressão, ou trata-se de um mero mito?
A Ciência vem cada vez mais aprofundando e aperfeiçoando os estudos sobre a influência das cores em nossa psicosfera. Criou um novo segmento amplamente utilizado por terapeutas, em suas diversas técnicas holísticas, a CROMOTERAPIA. E o que vem ser essa Ciência? Qual o seu objeto de estudo? Quais especificações estão presentes?
Primeiramente, vamos aprender o seu conceito etimológico e logo em seguida, falaremos sobre as influências e repercussões em nosso ambiente e na nossa vida. Cientificamente a CROMOTERAPIA é o ramo que estuda o uso das cores e a sua aplicabilidade em nosso cotidiano.Originaria do grego Khroma, que significa Cor, ela é uma atividade que consiste na utilização das cores, para curar doenças e restaurar o equilíbrio físico e emocional.
Antigas civilizações já usaram essa terapia, tais como a indiana e a egípcia que desde tempos remotos já utilizava a aplicação dos raios solares, como elemento de cura para determinados males. No século XVIII, Johann Wolfgang von Goethe, concluiu um estudo a respeito do efeito das cores sobre as pessoas. No Ocidente, ela chega com força no século XIX, tendo alguns críticos da Comunidade Científica, relutando em aceita-la como uma terapia alternativa importantíssima para a cura de alguns pacientes. Sempre ligada a práticas esotéricas, ela está relacionada às Sete Cores do Espectro Solar.
A Cromoterapia, é uma terapêutica diretamente ligada aos Chakras ou Centros de Forças, que são campos de energia que influenciam a nossa vida como um todo. O profissional capacitado para operar essa terapia, é o Cromoterapeuta, ele é o elemento habilitado para executar esse procedimento. Por não ser um curso acadêmico, a Cromoterapia se entrelaça com vários segmentos científicos, permitindo que profissionais de diversas áreas, possam se habilitar ao seu exercício. A sua formação dar-se-a através de cursos livres, onde pessoas de diferentes áreas do conhecimento, podem se habilitar a exercer a atividade com os devidos conhecimentos.
Por ser uma terapia holística alternativa, é fundamental que ela seja executada por profissionais, devidamente capaciitados para a tarefa. Tarefa de suma importância e responsabilidade, pois ela se destina a proporcionar o equilíbrio e a recuperação energética de outrem.
Ao “paciente” é recomendado critérios e muita calma ao contratar um profissional. Nada de buscar o atendimento mais barato, sem a observação de alguns parâmetros. Existe um ditado popular que é muito pertinente nessa hora: ” às vezes, o barato sai caro”. Buscar um profissional capacitado, responsável, coerente com o serviço, se faz necessário, pois a Cromoterapia, requer acima de tudo, seriedade e profissionalismo. Neste serviço não há manual informativo, nem fórmulas mágicas. Existe dedicação e devotamento ao serviço em busca dos resultados positivos.
No próximo sábado estaremos dando continuidade ao tema. Na oportunidade abordaremos : A influência das cores em nosso cotidiano. A ação da Cromoterapia no corpo físico e nos Chakras ou Centros de Forças. Até lá. Namastê.

Fonte de Pesquisa auxiliar: www.significados.com.br

Fonte da imagem: www.fabricadejogos.net

 

http://www.canalfolia.com.br

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*