SEGUNDA NOITE DO FESTIVAL “ARRAIA DO GALINHO” ONTEM (09), FOI ESPETACULAR COM DANNIEL VIEIRA ABRINDO OS SHOWS

O segundo dia do maior festival junino da Bahia começou no ritmo sertanejo, ao som de Danniel Vieira. O artista fez o povo dançar cantando sucessos da atualidade, além de canções autorais como “Louca”, “Um Sabonete de Motel” e a atual música de trabalho “Pano de Chão”.

 

 

Mano Walter se apresentou pela primeira vez no palco principal do Festival do Galinho. O cantor alagoano foi a segunda atração desse sábado (09), e trouxe todo o seu modão para o palco do Galinho. “Estou impressionado com a estrutura do evento e com o carinho que estou sendo recebido pelo público baiano”, disse o artista. Em seu repertório, Mano trouxe seu grande sucesso “Não Deixo Não”, além de canções como “Juramento do Dedinho”, “Balada do Vaqueiro” – música gravada em parceria com a cantora Marília Mendonça.

 

 

O cantor de arrocha Devinho Novaes, conhecido como “o Boyzinho” fez sua estréia no Festival do Galinho ele subiu no palco cantando seu maior sucesso “Como a culpa é minha” e levou o público ao delírio com a canção que está estourada no país inteiro. Considerado um fenômeno do arrocha o cantor vem lotando suas apresentações e faz uma média de 30 shows no mês. Responsável também pelo hit “Alô Dono do Bar”, o cantor natural de Aracaju-SE, Devinho Novaes, 21 anos, já é considerado um dos principais artistas do nordeste com projeção nacional. O cantor falou da alegria de fazer parte do maior festival da Bahia que mantém a essência das tradições juninas. “Estou gravando um CD hoje aqui no evento. Sempre foi meu sonho tocar no Galinho”, disse o artista.

 

 

Uma das atrações mais esperadas da segunda noite do Festival do Galinho, Luan Santana arrancou gritos do público e fez todo o Parque de Exposições de Salvador cantar junto as músicas. O artista declarou o seu amor pela capital baiana quando falou sobre a expectativa para hoje: “O Galinho mistura duas coisas que eu sou fissurado: festa junina e Salvador”. Luan cantou sucessos como “Acordando o Prédio”, “Te esperando”, “2050” e a sua nova música de trabalho divulgada esta semana, “MC Lençol & MC Travesseiro”.

 

 

A penúltima atração a se apresentar no Festival do Galinho 2018 foi o cantor Tayrone, que relembrou grandes sucessos da sua carreira como “Volte Amor”, “O que é que eu Faço” e mais recentes como “Diarista” e “Aliança Invisível”. Tayrone convidou o cantor Kevi Jony para uma participação especial e juntos cantaram “Moça do Espelho”, que tem composição do convidado. Antes de subir ao palco, Tayrone concedeu coletiva de imprensa e falou sobre a agenda de 25 shows no mês de junho e da gravação do DVD dia 11 de agosto, em Salvador.

 

 

O cantor Israel Novaes fechou com chave de ouro a 29ª edição do Arraia do Galinho na madrugada desse domingo no Parque de Exposições de Salvador, na Bahia. No repertório canções de sucesso da carreira e atual música de trabalho que mistura sertanejo com funk e axé  intitulada “Chip” com participação de Marcio Vitor e Jerry Smith, e que foi  lançada na última  sexta-feira (8). A canção tem uma letra irreverente e uma batida envolvente, e foi composta pela próprio Israel Novaes em parceria com Jenner Melo e Bruna Mendanha.

 

O Arraiá do Galinho é o maior festival junino da Bahia e um dos maiores do nordeste, e é uma realização da TV Aratu e este ano conta com o apoio e patrocínio de marcas poderosas como Bahiatursa e SETUR, Governo da Bahia, Skol, Wallmart, Uninter, Maggi, Salvador Norte Shopping, Minhoto, Club Social, Le Biscuit, TIM e Prefeitura Municipal de Salvador.

 

Realização Tv Aratu

Foto> Sercio Freitas

Assessoria: Chris Azevedo / Thatiana Seixas / Alan Martins

 

Equipe Canal Folia

Jacson Goçalves

Manuela Rosa

Compartilhe essa postagem

Sem comentários

Acrescente o seu