Milhares de pessoas lotam o Humaitá para celebrar a volta do projeto do Jammil. Confira as Fotos

Milhares de baianos e turistas lotaram a Ponta do Humaitá, cartão postal baiano, para celebrar a volta do projeto “Vamos ver o pôr do sol”, que neste domingo (18) deu a largada para a sua segunda temporada. Após a procissão e missa de Nossa Senhora do Monte Serrat, a banda Jammil e Uma Noites, comandada pelo cantor Levi Lima, subiu ao palco ao som de Sublime, canção composta para esse cenário e que está na trilha sonora da novela das seis da TV Globo, Sol Nascente. Em seguida, outros sucessos emocionaram o público, como Cadarço, Sapato e Chiclete, e Colorir Papel, que embalou o pôr do sol.

Em terra ou na água, em embarcações, o público participou do show do início ao fim e comemorou uma grande notícia anunciada por Levi. Em novembro começam as obras de recuperação dos equipamentos públicos na Ponta do Humaitá e ainda este ano, será lançada uma campanha na internet para arrecadar fundos para a reforma da Igreja de Nossa Senhora do Monte Serrat, patrimônio histórico tombado pelo Iphan e datado do século XVII.

Para Levi, a expectativa é grande para mais essa temporada da festa, que conquistou o público e acontecerá até fevereiro. “Estava com muita saudade de vocês, desse lugar que nos inspira e sempre nos emociona. O Jammil não esteve longe do Humaitá ao longo desses meses, trabalhamos muito e conseguimos parceiros que vão realizar o sonho de toda essa comunidade e fazer da obra de revitalização do Humaitá uma realidade. Vamos ter a praça da música e muitos outros benefícios para esse lugar mágico, a partir de novembro. E continuaremos aqui até o Carnaval, com os shows e sempre trazendo novidades. Obrigado por essa energia, Salvador! Os artistas no Humaitá são vocês! Esse público dá show!”, disse o cantor.

A festa começou desde sábado (17), com a primeira edição da feira Solaris, que trouxe ao Humaitá stands e food trucks com a gastronomia da Cidade Baixa, além de artesanato e apresentações das bandas ÊaJack, NOBAND e Victor Pedreira.

O projeto “Vamos ver o pôr do sol” acontecerá até fevereiro do próximo ano e conta com a parceria do Conselho Comunitário e Social de Segurança Pública do Monte Serrat (17ª Companhia Independente da Polícia Militar), do Clube de Iates Itapagipe, do Mosteiro de São Bento, e apoio da Bahiatursa, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da Prefeitura Municipal de Salvador.

Compartilhe essa postagem

Sem comentários

Acrescente o seu