Entrevista com Lincoln Sena da Duas Medidas

Chamam de O BALANÇO o movimento criado para expressar todas as nossas influências, que são basicamente nordestinas e latinas. Para entender, tem que sentir”, é desta forma que o cantor Lincoln Sena descreve a identidade musical da Banda Duas Medidas. O grupo tem uma linha de frente formada por jovens irreverentes, donos de uma personalidade marcante e uma surpreendente qualidade musical.

O repertório é eclético, com grandes sucessos da atualidade, e inclui canções autorais como “QQissoBB?”, “Ai Madonna”, “Farra Louca”, “Glicose”, “Sonho Proibido” e “Empidesce” – atual música de trabalho que teve um vídeo com o contexto de batalha de dança gravado com o grupo Fit Dance.

Há cerca de 3 anos a Duas Medidas realiza um projeto nas escolas e faculdades de Salvador e região (BA), com o objetivo de divulgar o seu trabalho e ter um contato mais próximo com os jovens, gerando um trabalho intenso de formação de público. São, em média, 40 apresentações em instituições de ensino por ano.

Mesmo com pouco tempo de trajetória, a Duas Medidas já participou de eventos de grande porte como Festival de Verão Salvador, Fortal, Carnatal (onde fez uma participação com Ivete Sangalo), Sauípe Folia, Verão Coca Cola, Pré-Caju, Micareta de Feira (ganhando o prêmio de revelação em 2012 e concorrendo duas vezes como Melhor Banda, ao lado dos grandes nomes da música), entre outros. Depois de passar por diversas cidades baianas, o grupo já conquistou público fiel nos estados de Minas Gerais, Brasília, Ceará, Alagoas, Pernambuco, Sergipe, Espírito Santo, Paraíba e Rio Grande do Norte. No Carnaval de 2015, foi a banda que mais tocou na capital baiana, realizando 11 shows em 6 dias.

Agora numa entrevista exclusiva, eles falam sobre novos planos e do sucesso ao Canal Folia. Confira!

 

CF – o público da banda é de maioria jovem e festeira. Este sempre foi o alvo ou aconteceu naturalmente?

DM – Tudo na nossa vida acontece com muita luta e trabalho, mas acredito que a identificação do público foi muito natural e nada forçada. Quando percebemos isto, procuramos cultivar, visitando escolas e faculdades todos os anos.

 

CF – Carnaval tem o bloco Burburinho que cresceu muito no último ano. A que vocês atribuem este crescimento na procura pelos abadás?

DM – Exatamente pelas visitas que fazemos aos colégios e faculdades. O contato corpo a corpo é muito próximo e consideramos fundamental para o crescimento da banda. No carnaval, temos cerca de 4 mil pessoas por dia (desfilamos sexta e sábado). Ver o circuito Barra/ Ondina é gratificante demais. É muito emocionante!

 

CF – Os integrantes da banda estão sempre à linha das montagens da coreografia com o grupo FitDance. De onde surgiu a parceria com o grupo de dança?

DM- Percebemos que temos o mesmo público, e o que fizemos foi unir forças e realizar esta parceria. Temos grande admiração pelo FitDance e pelo que eles vem criando, é uma grande potência do movimento e entretenimento que começou na Bahia, mas está ganhando o país. Nós os parabenizamos sempre pela inovação que eles conseguem fazer a cada trabalho.

 

CF – O projeto das escolas vem dando muito certo junto aos alunos e aos pais. De quem foi a ideia? Nos fale um pouco sobre.

DM – Realizamos este projeto há 4 anos e foi justamente quando percebemos a identificação do público jovem. A cada ano procuramos levar um formato diferente e inovador. Este ano, por exemplo, fomos com o FitDance e foi uma loucura! Loucura muito boa por sinal! (risos). Percebemos o assédio cada vez maior. Este carinho é impagável!

 

CF – Algum novo projeto que possam compartilhar agora com os fãs?

DM – Em outubro vem coisa boa… nossa música de trabalho vem com uma campanha que estamos construindo com muito carinho! Também vem um EP com canções inéditas que refletem bastante o nosso estilo, que chamamos de “O Balanço”.

 

CF – Preparados para o verão?

DM – Com certeza! O verão e o Carnaval em si é a nossa grande copa do mundo! Fazemos o nosso trabalho durante o ano todo, mas naturalmente no verão, as pessoas estão mais sedentas por novidades, e procuramos ter uma atenção ainda mais especial para esta época do ano.

 

CF – Dos integrantes, verdade que o Marlon é o mais bagunceiro? E o mais mulherengo?

DM – Meus irmãos da banda dizem que o mais bagunceiro sou eu (Lincoln). O mais mulherengo? (risos), todo nós temos a mulher como uma inesgotável fonte de inspiração.

 

CF – O Canal Folia é um portal que fala com o mundo mas, tem dendê na veia, assim como a Duas Medidas… Além da música e coreografia Empidesce, o que vem de novidade em música por aí?

DM – Vamos lançar um novo EP com canções inéditas nas plataformas digitais. Estamos fazendo com muito carinho e cuidado para que seja um trabalho de qualidade.

CF- Ping pong do Canal:

Salvador: Nosso lar

Música: Estilo de Vida

Deus: A grande força que nos rege

O que não tem medida: a positividade que procuramos levar em tudo o que fazemos e em todo lugar que visitamos

O que tem limite: tudo que ultrapassar a linha do respeito pela vida, pelo próximo.

Carnaval: copa do mundo

Sucesso: ser feliz com o que se faz.

 

Compartilhe essa postagem

Sem comentários

Acrescente o seu