Cultura: PROGRAMAÇÃO TCA – JULHO 2017

 

 

SALA PRINCIPAL

 

DIA: 01

MÚSICA: II ENCONTRO DE FILARMÔNICAS – NEOJIBA

O II Encontro de Filarmônicas vai reunir a Filarmônica Guerreiros do Sol (Dias D’Ávila); Filarmônica 19 de Setembro (Ibipeba); Filarmônica e Coral Juvenil 4 de Janeiro (Itiúba), além da Banda Sinfônica do NEOJIBA e da Banda Sinfônica Portal do Sertão, uma formação do Núcleo Antônio Gasparini do NEOJIBA. Promovido pela Federação das Bandas Filarmônicas da Bahia (FEBAF) e os Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (NEOJIBA), com apoio do Teatro Castro Alves e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), a iniciativa comemora a Independência da Bahia. Além de se apresentarem na Sala Principal, as bandas convidadas ainda participam de oficinas de capacitação pela manhã.

Horário: 16h

Quanto: Gratuito*

*Ingressos distribuídos a partir das 15h do dia do evento na bilheteria do TCA (Campo Grande)

 

DIA: 03

CONFERÊNCIA: FRONTEIRAS BRASKEM DO PENSAMENTO – MIA COUTO (MOÇAMBIQUE)

Com o tema “Civilização – A sociedade e seus valores”, o projeto Fronteiras Braskem do Pensamento, em sua primeira edição do ano, apresenta o moçambicano Mia Couto (1955), um dos principais escritores do continente africano e também um dos mais traduzidos no mundo, comparado a Gabriel García Márquez, Guimarães Rosa e Jorge Amado. Sócio correspondente da Academia Brasileira de Letras, suas obras recriam a língua portuguesa com influência moçambicana, utilizando o léxico de várias regiões do país e produzindo um novo modelo de narrativa. Graduado em Biologia, dirige uma empresa que faz estudos de impacto ambiental e desenvolve trabalhos de pesquisa sobre mitos, lendas e crenças que intervêm na gestão tradicional dos recursos naturais. O Fronteiras Braskem do Pensamento tem o patrocínio da Braskem e do Governo da Bahia, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, com realização da Caderno 2 Produções Artísticas.

Horário: 20h30

Quanto: R$ 50 / R$ 25

 

DIA: 05

MÚSICA: “REINVENTANDO SMETAK” – ENSEMBLE MODERN

Vinda da Alemanha, a Ensemble Modern, mais importante orquestra de música contemporânea do mundo, apresenta no Brasil “Reinventando Smetak”, um mergulho no fascinante trabalho do suíço naturalizado brasileiro Walter Smetak (1913-1984), que morou na Bahia desde a década de 1950 até o fim da vida. Nessa apresentação única, o grupo traz um repertório de peças inéditas criadas por compositores contemporâneos reconhecidos na cena mundial, tendo como inspiração a obra deste precursor da contracultura brasileira e um dos influenciadores do movimento Tropicália. “Reinventando Smetak” é um projeto do Programa Artistas-em-Berlim do Deutscher Akademischer Austauschdienst (DAAD) em cooperação com o Goethe-Institut. Em Salvador, o concerto conta com o apoio local da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) e Teatro Castro Alves.

Horário: 19h

Quanto: R$ 4 / R$ 2

 

DIA: 09

MUSICAL: EXAGERADO – TRIBUTO A CAZUZA

“Exagerado”, “O Tempo Não Para”, “Codinome Beija-Flor”, “Ideologia”, “Brasil”, “Bete Balanço”, “Solidão Que Nada”, “O Nosso Amor a Gente Inventa”: Cazuza é o poeta que, até hoje, quase 30 anos de sua morte, ainda nos comunica algo de emocionante e questionador. O musical “Exagerado – Tributo a Cazuza” homenageia o cantor e compositor, reunindo grandes sucessos que marcaram a carreira do artista. No palco, Valério Araújo, considerado o maior cover do cantor no Brasil, interpreta duas principais fases de Cazuza: quando ele inicia na música à frente da lendária banda Barão Vermelho e o estrondoso sucesso na carreira solo. Em 2013, Valério desfilou no carro abre-alas da escola de samba carioca Mocidade Independente de Padre Miguel, que homenageava o Rock In Rio e o show histórico feito por Cazuza no evento.

Horário: 19h

Quanto: R$ 100 / R$ 50 (filas A a W); R$ 80 / R$ 40 (X a Z11)

 

DIA: 10

CONFERÊNCIA: MULHER COM A PALAVRA – PITTY

A roqueira baiana Pitty conversa com o público no projeto “Mulher com a Palavra”, com mediação da jornalista Rita Batista. Com mais de 20 anos de carreira, Pitty ficou nacionalmente conhecida já no contexto das novas mídias, com estreita relação com a internet, e de novos padrões do mercado fonográfico. Ela irá compartilhar sua trajetória enquanto mulher profissional da música. Junto a isso, deve abordar a relação que vem estabelecendo com a mídia desde o lançamento de seus primeiros trabalhos até o momento atual, em que se tornou também apresentadora de um programa feminino de TV, o “Saia Justa”. O “Mulher com a Palavra”, que tem como proposta a inspiração para a transformação, é uma parceria da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres e da Maré Produções Culturais, com patrocínio da Bahiagás e do Instituto Avon.

Horário: 20h

Quanto: R$ 10 / R$ 5

 

DIA: 14

MÚSICA: OSWALDO MONTENEGRO – “NOSSAS HISTÓRIAS”

O cantor, compositor e diretor Oswaldo Montenegro traz a Salvador seu novo show em comemoração aos 40 anos de carreira. Misturando o peso das guitarras, teclados, baixo e bateria com o som clássico do oboé e da flauta de Madalena Salles, o espetáculo, batizado de “Nossas Histórias”, é repleto de sucessos como “Bandolins”, “Lua e Flor”, “Metade”, “Estrada Nova”, “A Lista”, “Intuição” e tantos outros. Nessas quatro décadas de convívio, Montenegro e Madalena trabalharam em mais de 30 espetáculos teatrais, três longas-metragens, séries para TV, espetáculos de dança. No canal do YouTube, lançaram a websérie “Nossas Histórias”, que emprestou o título para a turnê.

Horário: 21h

Quanto: R$ 130 / R$ 65 (filas A a P); R$ 100 / R$ 50 (Q a Z6); R$ 80 / R$ 40 (Z7 a Z11)

 

DIA:16

DANÇA: DOMINGO NO TCA – BALÉ TEATRO CASTRO ALVES (BTCA) – “LUB DUB”

Pela primeira vez, em seus 36 anos, o Balé Teatro Castro Alves (BTCA) faz um link artístico entre o Ocidente e o Oriente, e acrescenta ao seu repertório uma montagem criada especialmente pelo dançarino, coreógrafo, compositor e ex-rapper sul-coreano Jae Duk Kim. “LUB DUB” estreou em abril passado, e é a atração do projeto Domingo no TCA. O nome é uma referência ao som percussivo das batidas do coração. Com 10 bailarinos no palco, “LUB DUB” utiliza a percussão como motivação sonora. A coreografia se desenvolve alternando movimentos de tração e estremecimento, intercalando cenas dinâmicas e estados de relaxamento, mantendo as características peculiares do coreógrafo: ele utiliza o ritual e o contemporâneo, oscilando do silencio absoluto à vertigem, em questão de instantes, sempre em estreita relação com a trilha sonora – criada pelo próprio Jae Duk Kim. O Domingo no TCA é uma iniciativa do Teatro Castro Alves, através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

Horário: 11h

Quanto: R$ 1 / R$ 0,50*

*Vendas apenas no dia do evento, a partir das 9h, com acesso imediato do público.

 

DIA: 19

MÚSICA: NEOJIBA 10 ANOS – TURNÊ ORQUESTRA JUVENIL DA BAHIA

Em 2007, a Bahia via nascer um programa de orquestras e corais que transformaria a vida de crianças, adolescentes e jovens e traria novas perspectivas para a infância e a juventude do estado. Dez anos após a fundação do Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (NEOJIBA), a Orquestra Juvenil da Bahia realiza uma turnê que celebra esta primeira década de história e mostra a excelência desses jovens músicos. Sob a regência de Eduardo Salazar e Ricardo Castro, que também atua como solista ao piano, a principal formação do Programa apresenta o Concerto para Piano nº 2, de Ludwig van Beethoven, Prélude à l’Après-midi d’un Faune, de Claude Debussy, e a Sinfonia nº 5 de Dmitri Shostakovich.

Horário: Concerto didático gratuito às 15h; concerto com repertório completo às 19h30

Quanto: R$ 4 / R$ 2

 

DIA: 22

MÚSICA: MARCELO JENECI –“JENECI SOLO”

Depois de lançar dois discos muito bem recebidos pela crítica e público – “Feito pra acabar” (2010) e “De graça” (2014) –, ter o segundo álbum indicado ao Grammy Latino 2014 como “Melhor Álbum de MPB” e ganhar o prêmio de “Melhor Compositor” de 2014 da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), o cantor Marcelo Jeneci se lança em um novo desafio: subir ao palco sozinho para apresentar o seu trabalho. O show “Jeneci Solo” nasceu da vontade de explorar ainda mais as funções de cantor, instrumentista e compositor que Jeneci vem amadurecendo ao longo de sua carreira. No repertório, canções inéditas e outras já conhecidas e aclamadas pelo público, como “Felicidade”, “Pra sonhar”, “O Melhor da vida”, “Quarto de dormir” e “A vida é bélica”.

Horário: 20h

Quanto: R$ 80 / R$ 40 (filas A a Z); R$ 60 / R$ 30 (Z1 a Z11)

 

DIA: 23

MÚSICA: “BEATLES PARA CRIANÇAS”

“Beatles para Crianças” é um espetáculo musical criado especialmente para o público infantil e regado a muito rock’n’roll. É garantia de muita diversão para a família toda, tanto para as crianças quanto para os pais e avós. Tudo começa com um desenho animado no telão mostrando fases do quarteto de Liverpool. Então, a banda cover sobe ao palco, convidando as crianças para se divertirem. O público ainda ouve histórias que ilustram as letras e temas das canções dos Beatles, além de conhecer os instrumentos musicais, muitos deles diferentes e inusitados. O medley “All you need is love” e “Hey Jude” fecha o espetáculo com uma mensagem de amor e de esperança. Na saída do show ainda tem uma surpresa para a garotada.

Horário: 16h

Quanto*: R$ 120 / R$ 60 (filas A a W); R$ 80 / R$ 40 (X a Z11)

*Descontos: 30% sobre a inteira para assinantes do Clube Correio

20% sobre a inteira para assinantes A Tarde+

 

DIAS: 27 E 28

MÚSICA: “CARTOLA, O MUNDO É UM MOINHO”

Horário: 20h

ATENÇÃO: Apresentação somente para convidados (ver abaixo dias 29 e 30)

 

DIAS: 29 e 30

MUSICAL: “CARTOLA, O MUNDO É UM MOINHO”

O musical “Cartola, o Mundo é um Moinho”, que já passou com enorme sucesso por São Paulo e Rio de Janeiro, faz agora turnê nacional e chega a Salvador. Dezoito atores e oito músicos fazem evoluções em cena para contar a história daquele que é considerado o maior sambista brasileiro de todos os tempos. O espetáculo passeia por fatos marcantes da vida do mestre Cartola, entremeados por suas belas canções e composições e abordando os conflitos do cotidiano da construção de um desfile de carnaval. E, claro, mergulha fundo no coração do sambista, ao falar da paixão de Cartola pela Mangueira e pelo amor a sua eterna companheira, Dona Zica. Idealizado pelo ator e produtor Jô Santana, com dramaturgia de Artur Xexéo, direção e encenação de Roberto Lage, “Cartola, o Mundo é um Moinho” tem pesquisa de Nilcemar Nogueira, neta de Cartola e secretária de Cultura do Rio de Janeiro, e direção musical de Rildo Hora. No papel principal, como Cartola, o ator Flávio Bauraqui.

Horário: sábado, 20h; domingo, 19h

Quanto: R$ 100 / R$ 50 (filas A a P); R$ 80 / R$ 40 (Q a Z11)

 

CONCHA ACÚSTICA

 

DIA: 12

MÚSICA: “CONEXÃO DIGITAL – BAHIA CANTA BAHIA”

O sinal analógico já tem data para ser desligado e a era do digital está finalmente começando. Para marcar essa transição, a TV Bahia promove um grande show com importantes nomes da música baiana: o “Conexão Digital – Bahia canta Bahia”. O evento contará com apresentações musicais, programetes jornalísticos e números poéticos, além de levar ao público informações sobre a transição entre o sinal de TV analógico e digital. Entre os artistas confirmados, estão Saulo, Márcio Victor, Mateus Aleluia, Armandinho, As Ganhadeiras de Itapuã, Tiganá e Roberto Mendes. As vozes poderosas de Daniela Mercury e Margareth Menezes também integrarão o time de estrelas que se apresentarão na Concha.

Horário: 19h

Quanto: Troca de 1kg de alimento não perecível por um ingresso, a partir do dia 10/07, na bilheteria do TCA

 

DIA: 15

MÚSICA: FÁBIO JR. – “O QUE IMPORTA É A GENTE SER FELIZ”

Chega a Salvador a nova turnê do cantor Fábio Jr., “O Que Importa é a Gente Ser Feliz”. O repertório reúne grandes sucessos da carreira do artista, como “Só Você”, “O Que é Que Há”, “Alma Gêmea” e “Caça e Caçador”, que continuam dando todo o toque de romantismo ao show, além das canções que fazem parte do seu novo CD: “Tô Investindo Nessa História”, “Amém, Amor” e “Será Que Fui Claro?!”. Com mais de 30 trabalhos em sua discografia, Fábio Jr. é um artista com talento reconhecido também como compositor, ator e apresentador. A banda que o acompanha nesta maratona de shows por todo o país é formada por Amador Longhini no teclado e direção musical, Álvaro Gonçalves na guitarra e violão, Bruno Coppini no baixo, Gustavo Barros na guitarra, Pepa D’Elia na bateria e Aldo Gouveia e Ellis Negress nos vocais.

Horário:19h

Quanto*: Plateia – R$ 100 / R$ 50 (1º lote); R$ 120 / R$ 60 (2ºlote); Camarote – R$ 200 / R$100

*Desconto: 20% sobre a inteira para assinantes do Clube Correio

 

DIA: 16

MÚSICA: ZÉ RAMALHO

Um dos maiores nomes da música nordestina, o cantor e compositor paraibano Zé Ramalho volta a se apresentar para o público baiano. No show, não irão faltar os grandes sucessos que embalaram os mais de 40 anos de carreira do artista, como “Avohai”, “Frevo Mulher”, “Admirável Gado Novo”, “Chão de Giz” e “Garoto de Aluguel”. A tour 2017 traz Zé Ramalho revisitando alguns de seus maiores sucessos, além de releituras das músicas “Trem das Sete” e “Medo da Chuva”, do baiano Raul Seixas. O trovador urbano, como ele próprio se intitula, ultrapassou a barreira de um milhão de discos vendidos, com o álbum “Entre a Serpente e a Estrela”, firmando-se como uma das personalidades mais marcantes da música popular brasileira.

Horário: 19h

Quanto: Plateia – R$ 100 / R$ 50; Camarote – R$ 200 / R$ 100

 

DIA: 29

MÚSICA: MART’NÁLIA – “+ MISTURADO”

A cantora carioca Mart’nália samba desde que nasceu, mas também ouve e gosta de muitas outras vertentes de música: misturando, juntando tudo, surge o show “+ MISTURADO”, que apresenta todos os seus grandes sucessos e músicas de Caetano Veloso, Geraldo Azevedo, Djavan, Gilberto Gil, Teresa Cristina, Mosquito, Zé Ricardo, entre outros. Tem sido assim desde que ela gravou seu primeiro LP em 1985, cantando vários tipos de samba, pop, rock, xote. Já gravou e cantou nos seus shows canções de grandes nomes da Música Popular Brasileira, além de repertório autoral variado. Assim, ela mantém o prazer de cantar e deslizar no palco, enquanto a plateia dança, samba e canta junto.

Horário: 18h30

Quanto: PlateiaR$ 80 / R$ 40; Camarote – R$ 160 / R$ 80

 

DIA: 30

MÚSICA: PITTY

Retornando aos palcos a todo vapor, a cantora Pitty se apresenta um repertório que mistura os hits do disco mais recente, como “Serpente”, “Boca Aberta” e “Pequena Morte”, dentre outros, além de sucessos da carreira, como “Me Adora”, “Admirável Chip Novo”, “Máscara”, “Semana que Vem” e “Teto de Vidro”. No palco, a banda que acompanha a artista é formada pelos músicos Martin Mendonça (guitarra), Paulo Kishimoto (lap steel, moog e percussão), Gui Almeida (baixo) e Duda Machado (bateria). “Assim como os outros desse ano, esse é um show especial, baseado na saudade dos palcos, saudade dos fãs e vontade de ter esse encontro de novo. São apresentações montadas especialmente para esse momento entre o disco “SETEVIDAS” (Deck/2015) e um próximo álbum”, conta Pitty.

Horário: 19h

Quanto*: Plateia – R$ 80 / R$ 40 (1º lote); R$ 100 / R$ 50 (2ºlote); Camarote – R$ 160 / R$ 80

*Desconto: 40% sobre inteira para assinantes do Clube Correio

 

FOYER

 

DIA: 05

MÚSICA: GRUPO TCA INSTRUMENTAL – “SEGUNDAS CONCERTANTES”

A série“Segundas Concertantes”, lançada em maio passado pelo grupo TCA Instrumental, promove apresentações didáticas que contam com mediação dos próprios músicos de orquestra, que falam do contexto de criação das obras, sua localização na história da música, sua importância criativa, além do detalhamento dos naipes e instrumentos. Estas sessões de apreciação musical se comprometem a ocupar espaços alternativos às salas de teatro ou de concerto, no intuito de alcançar novas plateias e ir ao encontro das pessoas de forma próxima e acolhedora. O TCA Instrumental é formado por Ana Zanata (violino), Diogo Pimentel (violino), Daniel Aly (violino), Antônio Amorim (violino), Rodolfo Lima (contrabaixo), Mariana Tudor (harpa), Sandra Romero (oboé), Jean Marques (fagote) e Stephan Sanches (trombone).

Horário: 13h30

Quanto: Gratuito

 

BTCA

 

AULAS ABERTAS

Local: Sala de Ensaio do Piso C, Ala A do TCA

Vagas: 07 (para cada aula) – Nível intermediário/avançado

PARTICIPAÇÃO GRATUITA

Pilates

Dias: 10, 12, 19 e 24/07

Horário: 13h15 às 14h30

 

Balé Clássico

Dias: 11, 13, 20 e 25/07

Horário: 13h15 às 14h30

 

ENSAIOS ABERTOS

Local: Sala de Ensaio (Piso C)

“LUB DUB” – coreografia de Jae Duk Kim

Dias: 10 e 12/07

Horário: 15h às 16h30

 

BTCA EM OUTROS PALCOS

Projeto Endogenias “Youkali” de Konstanze Mello e “Dê Lírios” de Tutto Gomes

Dia: 07/07

Horário: 19h

Local: Fundação Municipal da Tecnologia da Informação, Telecomunicação e Cultura Egberto Tavares Costa – Feira de Santana (BA)

 

OUTRAS AÇÕES

Mostra Coreográfica dos alunos formandos do Curso Técnico Profissional da Escola de Dança da Funceb para o BTCA

Dias: 05/07

Horário: 16h30

Local: Sala de Ensaio (Piso C)

 

SEXTA DA DIVERSIDADE (Aulas Internas)

Aula de Jazz Retrô com Lila Martins

Dia: 07/07

Horário: 13h15 às 14h45

Local: Sala de Ensaio (Piso C)

 

Aula de Danças Afro-brasileiras com Agnaldo Fonseca

Dia: 14/07

Horário: 13h15 às 14h45

Local: Sala de Ensaio (Piso C)

 

“RODA DE DIÁLOGOS” – 4ª edição

Bailarinos/palestrantes: Paullo Fonseca e Rosa Barreto (Títulos a confirmar)

Dia: 28/07

Horário: 17h 

Local: Sala de Ensaio do Piso C

 

OSBA

 

ENSAIOS ABERTOS

Dias: 5, 6, 12, 21, 26 e 27/07

Horário: 10h às 13h

Local: Piso C – Teatro Castro Alves (Campo Grande)

 

APRESENTAÇÕES GRATUITAS

Concerto Série Carybé

Dia: 07/07

Horário: 20h

Local: Espaço Cultural Alagados – Rua Silvino Pereira, Uruguai

 

Sarau OSBANOMAM

Dia: 13/07

Horário: 19h

Local: Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) – Solar do Unhão, Av. Contorno

 

Concerto Série Manuel Inácio da Costa

Dia: 23/07

Horário: 17h

Local: Igreja de São Francisco – Terreiro de Jesus, Centro Histórico

 

Concerto Série Carybé

Dia: 28/07

Horário: 19h

Local: A definir

 

 

sujeita a alterações)

 

ATENÇÃO! O Teatro Castro Alves cumpre a Lei Federal 12.933 de 29/12/2013, que determina que a comprovação do benefício de meia-entrada é obrigatória para aqueles que gozam deste direito. Estudantes devem apresentar a Carteira de Identificação Estudantil (CIE), não sendo aceitos outros documentos.

 

Compartilhe essa postagem

Sem comentários

Acrescente o seu