CULINÁRIA MUSICAL PROMOVE RODA DE SAMBA NA CASA DE CASTRO ALVES

O Culinária Musical – evento idealizado pelo afrochef Jorge Whashington– retoma as origens vai embalar a tarde do próximo dia 5 com o mais autêntico samba na Casa de Castro Alves. Grupo Quinteto, com participações do Samba Tororó e Portela Açúcar, anima o público do evento que ocorre das 13h às 17h.

 

O imóvel é vizinho à Igreja do Passo– famosa como cenário do filme O Pagador de Promessas–, na Rua do Passo, 52 – no Carmo e o jardim tem vista para a Baía de Todos-os-Santos. O anfitrião, o afrochef Jorge Whashington, vai agradar diversos paladares maxixada de carne seca e galinha ao molho pardo. A entrada custa R$15 (em espécie) e o prato individual R$30 (em espécie e no débito).

 

Criado no inicio de 2017, o Quinteto nasceu junto com o Culinária Musical, no bairro do Garcia, e volta ao projeto. Nas primeiras edições do Culinária, a banda acompanhou artistas como Lazzo Matumbi, Gal do Beco e Aloísio Menezes. O repertório é baseado no partido alto com canções de grupos como Fundo de Quintal, Exaltasamba, Zeca Pagodinho, Só Preto sem Preconceito, Xande de Pilares, Nelson Rufino entre outros.

 

As participações seguem a mesma linha com Samba Tororó que é fruto do samba junino, foi fundado em 1983 e é liderado pelo compositor Marco Boa Morte (Poca Olho), além do estilo irreverente do cantor Portella Açúcar e da performance da dançarina Meirejane Lima.

 

Histórico

O culinária Musical começou em fevereiro do ano passado e a iniciativa, também, já foi palco para intervenções poéticas, desfile de moda, lançamento de livro e performances de dança. Ao longo da sua existência, a interação dessa troca de energia já foi experimentada, entre outros, por Lazzo Matumbi, Alexandre Leão, Jackson Costa, Roberto Mendes, Magary Lord, Carlos Barros, Fábio Santana, Célia França, Denise Correia, Dão, Firmino de Itapuã, Gerônimo, Mário Ulloa, Jack Elesbão, Lívia Natália e Nelson Maca. A iniciativa também já foi palco para intervenções poéticas, desfile de moda, lançamento de livro e performances de dança.

 

O projeto foi ganhando corpo e se consolida como um evento que movimenta a cena artística na capital, como o sarau poético-musical Vozes Negras – que une poesia, música, discurso racial que relata o universo feminino –; a festa Yemanjá é Black, que acontece a cada 2 de fevereiro; e o Dance o Baile do Seu Corpo, que reedita os bailes black da década de 80, com a fusão entre o clássico e o moderno. Todos criados pelo ator do Bando de Teatro Olodum.

 

SERVIÇO

O que: Culinária Musical, encontro de música e gastronomia popular

Quando: 5 de agosto de 2018, das 13h às 17h

Onde: Casa de Castro Alves, Rua do Passo, nº52, Santo Antônio Além do Carmo

Quanto: R$15 (entrada em espécie) e prato R$ 30 (em espécie e no cartão de débito)

Atrações: Grupo Quinteto e participações do Samba Tororó, Portela Açúcar, além da performance da dançarina Meirejane Lima

Cardápio: maxixada de carne seca e galinha ao molho pardo

Compartilhe essa postagem

Sem comentários

Acrescente o seu